logo mnemocine

stage.png

           facebookm   b contato  

Cinema: Artigos e Críticas

Críticas de filmes, crônicas, artigos diversos sobre o mundo do cinema.

A Hora Mais Sombria

O Destino de Uma Nação (2017) ou Darkest Hour, no original, retrata a ambígua figura de Winston Churchill num momento decisivo da História recente da Inglaterra e da Europa: no parlamento inglês, os liberais estavam descontentes com a postura pacífica do então primeiro-ministro Neville Chamberlain, do partido conservador, diante da grande ameaça representada por Hitler. Reconhecendo a ingovernabilidade de Chamberlain, os conservadores se viram obrigados a trocar de primeiro-ministro.

Leia mais...

Bright, filme da Netflix

Ao se realizar um filme, e em qualquer construção narrativa, é necessário sempre decidir o que há de original e qual é o diferencial que seu produto pode oferecer, e isso não é um trabalho fácil, por mais experiente que um criador possa ser. Esse foi o pensamento que recorreu ao diretor David Ayer ao criar, para a Netflix, o filme policial “fantástico“ Bright.

Leia mais...

O Rei do Show – Um espetáculo de arte, nomes e música

É interessante perceber como o estilo das músicas de filmes musicais mudou com o passar dos anos. Um dos primeiros filmes inseridos no gênero musical foi O Cantor de Jazz (1927) – curiosamente, o primeiro filme com a trilha sonora gravada e sincronizada – com sua grandiosidade e ritmo advindos, obviamente, da velha arte do teatro.

Leia mais...

Suburbicon: Bem-Vindos Ao Paraíso

Durante os anos 1980, os irmãos Coen esboçavam já um roteiro que ficaria engavetado por muito tempo. O roteiro se passava num subúrbio tipicamente americano, daqueles que surgiram no pós-guerra e que se tornaram a imagem mais acabada do sonho americano, com sua grama verde, cercados brancos, donas de casa dedicadas e chefes de família probos.

Leia mais...